Google+ Google+

terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Novidades: Glambox

E aí pessoal, beleza?

Atendendo a pedidos (beijos, Adrien!) hoje vamos falar da Glambox.


Tá certo que isso não é novidade e vocês já devem ter, pelo menos, ouvido falar dela.

De qualquer forma, aqui vai uma explicação resumida:

Paola Orleans fundou, em 2012, a Glambox Brasil, uma plataforma de experimentação de cosméticos. 

Funciona assim: você paga R$ 50,00 por mês e recebe, pelos correios, de 4 a 5 miniaturas de produtos de beleza para experimentar em casa (alguns produtos vêm em tamanho full size e, mais raramente, vem amostra grátis, ok?)

Além das miniaturas, você vai juntando pontos que podem ser trocados por produtos (a lista dos produtos que podem ser adquiridos com os pontos está no site da Glambox e incluem perfumes, xampus, máscaras para cabelo etc).

A Glambox trabalha com produtos importados e nacionais.

Essas são algumas das marcas que podem estar na caixinha:


Ah, no mesmo mês cada caixinha tem produtos diferentes, então você pode receber um produto e uma amiga receber outro...

No momento da assinatura você preenche um cadastro com suas preferências, tipo de pele e cabelo e coisas assim.  

Alguns produtos enviados respeitam suas preferências, mas na maioria das vezes os produtos enviados são padrão para todas as assinantes.

Vamos ver algumas das caixinhas da Glambox?


O legal é poder testar novas marcas e produtos e ver se funciona para você antes de comprar a versão tamanho normal.

Além disso, podemos conhecer marcas diferentes (e caras!), que muitas vezes não temos coragem de comprar, por não saber se vamos gostar.

A Glambox sempre faz algumas parcerias legais ao longo do ano. Nesses meses, a caixinha vem mais “recheada”, com mais produtos full size.

A desvantagem, além do fato da assinatura não ser lá muito baratinha,  é que muitas vezes os produtos não dão certo: como a base que não é da cor certa ou o cheiro que não nos agrada.

Pesquisando na internet, vi algumas meninas reclamando da caixinha em alguns meses: algumas caixinhas vieram mais vazias, com menos produtos, e algumas vieram com marcas nacionais mais baratinhas, ao invés dos produtos importados anunciados no site.

De qualquer forma, quando você assina esse tipo de produto tem que ter em mente que em alguns meses os produtos podem não te agradar tanto, mas em outros meses a caixinha supera suas expectativas e os produtos compensam as caixinhas mais “fraquinhas”.

Então, resumindo, vale a pena assinar se você:
  • Gosta de testar produtos novos; 
  • Gosta de surpresas; 
  • Não se importa em testar miniaturas ou amostras grátis; e
  • Não se importa de dar para as amigas os produtos que não combinarem com sua pele/cabelo.

Aproveitei a pesquisa para o post e fiz a assinatura da Glambox para o mês de fevereiro (ai, vida de blogueira é muuiiitttooo complicada...rsrs...).

Depois que a caixinha chegar, conto para vocês o que achei e mostro os produtos que vieram, combinado?

Ah, só lembrando que a assinatura pode ser cancelada a qualquer momento (mas dependendo do dia do cancelamento, você acaba recebendo e pagando mais uma caixinha...).

E aí, vocês já conheciam a Glambox?  Se você já assina, não se esqueça de deixar sua opinião nos comentários, tá?


2 comentários:

  1. É isto aí...blogueira tem que experimentar, conhecer e saber de tudo. Estar super antenada neste mundo supersônico da moda para roupas, sapatos, maquiagem, casa, viajens, compras e quem disse que até o que se come, ou não, também não pertence a este mundo de mudanças tão velozes? Blog é um filho - tem que cuidar 24 horas por dia, 365 dias por ano...... Cansa, faz rir, faz chorar, dá orgulho, dá decepções, não sai do coração (nem dos pensamentos) mas a gente não vende, não dá, não empresta e... nem joga na caçamba.

    ResponderExcluir
  2. Oi Izadora!! É verdade... ser blogueira é bom, divertido e aprendo várias coisas... mas dá trabalho (e gastos...rsrs). Muito legal suas participações aqui no blog... os comentários e o carinho me deixam muito feliz :)

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário: