Google+ Google+

segunda-feira, 19 de maio de 2014

Perversa Viagem: Como tirar visto americano

E aí pessoal, beleza?

Continuando a série de posts sobre viagem, depois de pronto o passaporte é hora de pleitear o visto do país que você escolheu para visitar.

Hoje vou, então, contar um pouco sobre o visto americano e como fazer para consegui-lo!  Mas, se preparem que o post é grande! rsrs


O processo não é tão assustador nem tão demorado como parece, mas é bem cheio de detalhes, então vou tentar explicar bem direitinho, para facilitar a vida de quem ainda não tem o visto, ok?

Desde abril de 2012 o processo para solicitação/renovação de visto americano foi modificado.

Eu tirei meu visto antes disso, então não tive que passar por todas as novas etapas... mas fiz o post já baseado nas novas regras, ok?

O processo agora foi dividido em duas etapas. 

Com a separação, o processo ficou mais rápido, mas ficou ruim para quem mora longe e precisa se deslocar até o consulado ou embaixada mais próximos. 


Somente quatro cidades concedem o visto americano: Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília e Recife.

Eu tirei o meu em Sampa e vou dando mais detalhes no decorrer do post!

Então, vamos ao passo a passo?


Passo 1 - Ter um passaporte válido (e com validade mínima de 6 meses, contando da data que você voltará de viagem).


Passo 2 - Preenchimento do formulário DS-160.

Para isso, acesse o link https://ceac.state.gov/genniv/

O  preenchimento do DS-160 é, na minha opinião, a parte mais chata e demorada de todo o processo.

Ele é um formulário muito grande, com informações pessoais como documentos, datas (aproximadas ou reais) da viagem, informações sobre trabalho e coisas assim.

Também existem, na última parte do formulário, perguntas declarando se você tem ou não vínculo com terrorismo e coisas do gênero (será que alguém responde que tem???).

O último passo é fazer o upload de uma foto sua. Quanto à foto, não aconselho tirar em casa. Vá em um estúdio de fotografia (muitos já estão acostumados a fazer foto para o visto e já tiram certinho, sem traumas).

É possível ir preenchendo o formulário aos poucos. É só ir salvando.  Mas não se esqueça de guardar o número de registro dele (quando for acessar o site para continuar preenchendo, você vai precisar desse número).

Depois de inserir a foto, o sistema pede que confirme as informações e que você “assine” o formulário.

Se você descobrir que colocou alguma informação errada ao preencher o formulário, não se desespere. Vá em https://ceac.state.gov/genniv/ e clique em “retrieve an application”. 

Você poderá mudar informações no seu formulário em até 48 horas antes da sua entrevista. Após mudar o que deseja, imprima a confirmação e leve para a entrevista. 

Mas se você só perceber o erro depois do prazo, entre em contato com o consulado.


Terceiro passo - Pagamento da taxa e Agendamento da Entrevista

Para emitir seu boleto e agendar a entrevista do visto americano você precisa se cadastrar no site da CSC.

Para isso, entre no endereço https://usvisa-info.com/pt-BR/selfservice/ss_country_welcome e  clique em criar sua conta. 

Antes do sistema liberar o agendamento de entrevistas, é necessário pagar uma taxa.

Para vistos de turismo/negócio (B1/B2), a taxa é de US$ 160 e dá para pagar por boleto bancário ou por cartão de crédito, via site ou telefone. 

Depois de agendada a entrevista, escolha  como o seu visto será entregue. As opções são retirar no CASV de sua preferência ou receber pelo correio.

Atualmente, são feitas duas entrevistas, ok? 


A primeira é no CASV, onde você vai tirar foto e impressões digitais. o CASV funciona de segunda a sexta-feira das 7h às 18h e aos domingos das 13h às 18h.

Ah, existe CASV nas seguintes cidades: Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília, Porto Alegre, Recife e Belo Horizonte.

Os documentos que você deve levar nessa entrevista são:

  • Passaporte (lembre-se que precisa ter uma validade de seis meses)
  • Página de confirmação de envio do formulário DS-160
  • Página de confirmação do agendamento da entrevista

Depois de alguma espera (vá preparado, porque sempre demora), o agente conferirá os documentos acima e te encaminhará para a coleta de impressões digitais e para tirar a foto que vai sair no visto.

Feito isso, pode ir embora... a primeira parte está pronta!


 A segunda é a entrevista do visto propriamente dita, no consulado. Mas tome cuidado: na hora de agendar, a primeira data é a da entrevista do visto, que é feita no consulado. Ou seja, você agenda a segunda entrevista antes de marcar a primeira. 

Se você mora no interior e vai tirar o visto em São Paulo, por exemplo, dá para agendar a entrevista do consulado para um dia e, depois agendar a visita ao CASV no dia anterior. 


Querem algumas dicas para a entrevista?
1- A primeira e mais importante de todas: Nunca minta!
2- Responda corretamente às perguntas, confirmando o que você declarou no formulário DS-160 e leve toda a documentação para confirmar o que você preencheu no formulário.
3- Responda às perguntas de forma concisa e só responda o que foi perguntado, de forma clara e objetiva.  Nada de contar a história de sua vida!
4- Seja simpático, mas não fique fazendo piadas! Os agentes americanos são super profissionais e não têm tempo para brincadeirinhas.
5- Vá vestido de maneira discreta e normal (eu fui de calça jeans, uma blusa mais arrumadinha e sapatilha).  Não precisa ir de roupa social, salto super alto (evite principalmente os que fazem aquele toc toc irritante) e não use decotes e saias curtas.  Os homens não precisam ir de terno ou roupa social, mas também não vale ir com aquela camiseta surrada, ok?
6- Em geral, o agente americano repete as mesmas perguntas do formulário DS-160 (é comum perguntas do tipo: Qual a sua idade, Qual a sua profissão, Quanto tempo pretende ficar lá, Para onde pretende ir, Com quem você mora, Se já visitou os EUA antes, Se tem parentes nos EUA, Quem está pagando a viagem e por aí vai).
7- Não se esqueça de levar toda a documentação para comprovar renda, profissão e todos os demais dados declarados no formulário DS-160.  E, quando chegar no guichê, coloque a pasta com os documentos em um local onde o agente poderá vê-la. Ao ver que você levou os documentos, em geral, o agente nem pede para vê-los (mas leve todos!!!).
8- Se o agente pedir um documento específico, só entregue o que for solicitado.  Nada de entregar a pasta inteira e fazer ele procurar o documento, ok?
9- Quando estiver sendo entrevistado, preste atenção nas perguntas e não fique tentando escutar a entrevista da pessoa no guichê ao lado, para não desviar sua atenção e acabar respondendo alguma coisa errada (o que pode ser visto como mentira).
10- Fique calmo!!!

Ah, mais uma dica: Não é permitido entrar no consulado com celulares e outros aparelhos eletrônicos. E, pelo menos em São Paulo, eles não disponibilizam lockers para guardar objetos... Então, nem leve, ok?

Bom, acho que me lembrei de comentar sobre os principais pontos para se solicitar o visto americano.  Mas se eu tiver esquecido de falar sobre alguma coisa e você tiverem alguma dúvida, deixem aí nos comentários que depois complemento o post, certo?

Um comentário:

  1. Oi Lu,
    achei esse post super interessante! Ainda não tive o privilégio de visitar os EUA
    mais se meus planos correrem bem vou precisar dessas informações em breve!
    Muito boas suas dicas!!

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário: