Google+ Google+

segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Meu cabelo: Como conseguir um ruivo natural



E aí pessoal, beleza?

Depois de receber muitas perguntas sobre meu cabelo, resolvi escrever um post falando um pouquinho do ruivo e como conseguir esse tom.

Então, vamos começar do começo...rsrs

Eu sempre amei mudar o cabelo, não tenho apego nenhum...

Meu cabelo natural é castanho escuro (infelizmente...rsrs... bem que meu pai queria que eu tivesse nascido ruiva assim, já que o cabelo da minha mãe é dessa cor linda...).

Mas sempre pintei o cabelo de várias cores: do preto ao loiro platinado, passando pelo loiro mel, castanho claro, acaju e por aí vai...

E não... ainda não tenho cabelos brancos...rsrs... pinto por hobbie mesmo... pelo menos por enquanto...rsrs

Então, três anos atrás, resolvi ficar ruiva.  Mas não queria cabelo vermelho, queria o ruivo de verdade, um loiro acobreado, daqueles que ficam bem laranjinhas no sol e sem nenhum pigmento vermelho.

O problema é que, na época, não era uma cor tão conhecida no Brasil: não tínhamos muitas opções de tintura e os cabeleireiros achavam que ruivo era sinônimo de cabelo vermelho.

Então, resolvi pintar eu mesma!!!

O problema é que, na época, meu cabelo estava pintado de preto e, como vocês sabem, tinta não clareia tinta e descolorir o cabelo inteiro de uma vez estava fora de cogitação.

A solução foi clarear o cabelo aos poucos, com luzes, até que eu fiquei quase loira.

Meu cabeleireiro foi ótimo e as luzes não estragaram meu cabelo... fui fazendo luzes a cada 2 meses e em menos de 8 meses a tinta preta já tinha sido retirada do cabelo.

A partir daí, resolvi me divertir sozinha...rsrs


Depois de muito pesquisar, vi que o tom que eu queria era o 8.4 (oito é loiro claro e 4 é cobre... é a mistura dessas duas tonalidades que dá o tom do ruivo mais laranja).

Então, aproveitei uma viagem de férias e comprei a Keune 8.4, com água oxigenada de 30 volumes.

O problema é que o ruivo desbota demais... ainda mais nos primeiros meses.

Aí, ficava duas semanas ruiva e o resto do mês loira!! rsrs

Usei essa combinação por alguns meses...

Não tinha nem pensado em ter criar um blog nessa época, então não tenho fotinhas para mostrar... ops!

Bom, como já estava cansada de tanto que a cor desbotava, resolvi pesquisar mais um pouco.

Decidi então mudar o tom, o volume da água oxigenada e a marca da tintura: comecei a usar a 8.34 (loiro claro dourado acobreado) da Majirel com água oxigenada de 20 volumes.

O cabelo ficou saudável, parou de desbotar tanto e o tom ficou bem natural: como a cor de quem nasceu ruiva mesmo.



Esse tom, que já estou usando há 2 anos, é bem discreto: na luz artificial ele fica um loiro escuro, já no sol ou na luz natural a mágica acontece...rsrs... e ele fica mais laranja!

Essas duas fotos acima estão bem fieis ao tom real... elas foram tiradas dentro de casa, apenas com a luz natural.

No sol a cor acaba ficando ainda mais laranja.

Como estou com essa cor há bastante tempo, já estou com vontade de mudar o tom (mas sem deixar de ser ruiva).

Então, acabei comprando uma nova tintura nessa última viagem para testar... depois teremos post falando sobre a nova cor, além de resenha do produto, ok?


Então, vamos às dicas para quem quer um cabelo nesse tom:


Em primeiro lugar, é bom já ter em mente que essa é uma cor que demanda muita paciência e muito dinheiro...rsrs... mais do que qualquer outro tom de cabelo.  
O ruivo desbota demais, então não dá para somente retocar a raiz.  Todo mês é necessário pintar o cabelo inteiro. Assim, é bom computar o dinheiro da tinta.
Além disso, pintando o cabelo inteiro todo mês, ele acaba sofrendo bastante... fica mais ressecado e quebradiço.
Não adianta ter uma cor bonita em um cabelo detonado, certo?
Então, são necessários xampus e condicionadores especiais para cabelos ruivos (mostrei os que eu uso neste post aqui) e máscaras de tratamento mais "potentes".


Existem milhares de tons de ruivo.  Então, o segundo passo é escolher o tom certo!
A cartela de cores começa no loiro acobreado e vai até o castanho avermelhado, passando pelos mais laranjas e pelos vermelhos.
Existem tantos tons que é impossível não encontrar um que fique bem em você!!


Ao contrário do que muita gente pensa, qualquer pessoa pode ficar ruiva... basta adaptar a cor ao tom da pele!
Já vi meninas dizendo que a cor não combina com pessoas morenas ou com as orientais.
Claro que em pessoas de pele mais morena ou mais amarelada o ruivo não vai ficar natural, mas isso não impede que uma oriental, por exemplo, fique linda com um cabelo ruivo.
Basta ter bom senso e escolher um tom que combine com sua cor de pele.


Depois de escolhida a tonalidade, vem a parte prática: seu cabelo é natural ou tingido?
Se é natural, pode ser que você consiga ficar ruiva sem necessidade de descolorir o cabelo... mas isso vai depender da cor do seu cabelo e do tom de ruivo escolhido (em geral, a tinta consegue clarear até 3 tons).
O meu cabelo, por exemplo, apesar de ser castanho escuro, descolore super fácil... então, eu não preciso descolorir a raiz... basta aplicar a tinta (com água oxigenada de 20 volumes), que a raiz fica clarinha, como o restante do cabelo.
Se é tingido, mas de uma tonalidade clara, como loiro, também é possível que você não tenha que descolorir o cabelo.
Já se estiver tingido de castanho escuro ou preto, você vai precisar fazer como eu fiz: descolorir o cabelo!  E, nesse caso, aconselho procurar um profissional...rsrs


Bom, procurei fazer um post mais geral, falando um pouco sobre a cor e sobre como eu fiz para chegar nesse tom.

Espero que o post ajude!!  E que vocês fiquem mais animadas a mudar a cor dos cabelos com mais frequência!! rsrs

Se vocês tiverem alguma dúvida específica, deixem nos comentários ou mandem a pergunta para o email do blog, combinado? Prometo que tentarei ajudar!!

2 comentários:

  1. Luciana, adorei a cor dos seus cabelos. Não a altere muito não. Meu marido queria muito uma filha ruivinha.... mas se contentou com uma de cabelos castanhos porque ela é especial, melhor que a encomenda - (só faltou o ruivo - nem tudo é perfeito, né?) e com suas dicas ela poderá ser sempre a ruiva que ele queria - se todo problema fosse fácil de resolver assim... Um abraço carinhoso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Izadora! Que bom que você gostou do cabelo e das dicas... quem sabe, além da sua filha, você mesma não se anima e fica ruiva também! rsrs Beijos

      Excluir

Deixe seu comentário: